POSLING NS

Banca de DEFESA: JOSIMAR GONÇALVES RIBEIRO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSIMAR GONÇALVES RIBEIRO
DATA : 02/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

Do clássico ao meme: Uma estratégia pedagógica alicerçada pela tradução intersemiótica em prol da formação leitora


PALAVRAS-CHAVES:

Leitura. Formação leitora. Tradução intersemiótica. Obras clássicasliterárias. Memes.


PÁGINAS: 183
RESUMO:

Este trabalho teve por objetivo geral investigar o desenvolvimento das competências em leitura de discentes a partir da leitura e interpretação que eles fazem de obras clássicas convertidas em gênero meme, sob a luz da tradução intersemiótica. A pesquisa teve como objeto de estudo uma estratégia pedagógica de ensino norteada pelos gêneros discursivos e letramento. Os sujeitos envolvidos foram alunos matriculados nos 1º anos dos cursos de Informática e Meio Ambiente do Ensino Médio Técnico Integrado do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais campus Rio Pomba em 2018. A metodologia utilizada se inseriu no conceito da pesquisa qualitativa. Ela apresentou abordagens da pesquisa-ação com a finalidade de apropriação do sentido do clássico literário traduzido em meme através de distintas formas de ação que resultaram nas produções discentes, compostas pelos gêneros resumo e memes e a modalidade imagem. A análise dos dados foi orientada pela abordagem qualitativa-interpretativista consoante Moita Lopes (1994). O arcabouço teórico fundamentou-se nas teorias do Gênero Discursivo conforme Bakhtin (1997), Gênero Emergente consoante Marcuschi (2005), Tradução Intersemiótica segundo Plaza (2013) e Semiótica conforme Peirce (2005). A conclusão demonstrou a imagem como síntese da compreensão da narrativa e o meme como extrapolação do entendimento da história mediado pela criatividade. Esta tese apresentou como contribuição um Quadro para Transcriação e interpretação de memes, juntamente com a Figura Chave de classificação dos níveis a fim de serem utilizados para analisar gêneros memes, ou outros baseados em um ou mais códigos da linguagem, tidos de forma individual ou híbrida. Acrescida da viabilidade de utilização da tradução intersemiótica reformulada para a educação como prática pedagógica em benefício da formação leitora tanto em língua portuguesa como em outras áreas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - VICENTE AGUIMAR PARREIRAS
Interna - ANA ELISA FERREIRA RIBEIRO
Interno - RENATO CAIXETA DA SILVA
Externa à Instituição - CARLA VIANA COSCARELLI - UFMG
Externa à Instituição - Maria Catarina Paiva Repolês - IFRP
Notícia cadastrada em: 18/02/2021 07:14
SIGAA | Secretaria de Governança da Informação - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-10.ditic.sgi.cefetmg.br.inst10