Banca de DEFESA: LORENA ARCO VERDE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LORENA ARCO VERDE
DATA : 24/05/2024
HORA: 14:00
LOCAL: DEMAT
TÍTULO:

Influência da espessura da camada de shop primer sobre o arco elétrico e características do metal em soldas produzidas pelo processo FCAW em chapas revestidas

 


PALAVRAS-CHAVES:

Soldagem, Arame tubular rutilico, shop primer


PÁGINAS: 66
RESUMO:

Na indústria metal mecânica, o principal objetivo é buscar a maior produtividade com o menor custo de fabricação. Portanto, há a necessidade de acompanhar o processo para garantir a eficiência. Consideráveis quantidades de material metálico são desperdiçadas devido a perdas e retrabalho causados pelo processo de corrosão. Em certos setores, como a indústria naval e offshore, os tempos de processamento e a localização agravam o fenômeno, tornando a proteção desse material indispensável. O shop primer (tinta de pré-construção) é um grande aliado durante o processo de fabricação que utiliza materiais metálicos, uma vez que impede o contato direto com o metal base, criando uma barreira protetiva de preferencial corrosão. A soldagem FCAW é amplamente empregada nessas situações por se apresentar como uma das alternativas mais produtivas. Contudo, soldas produzidas por esse processo podem ter seus atributos comprometidos quando realizados sobre a camada protetiva. Este trabalho teve como objetivo verificar a influência da presença de diferentes espessuras de shop primer aplicado em chapas de aço carbono ASTM A-36 sobre o processo de soldagem e características das soldas produzidas pelo arame classe E71T1-C1A2-CS2. Para atingir tal objetivo foram realizados o monitoramento da corrente e tensão durante a soldagem, análises macro e microestrutural e das escórias das soldas. Maiores espessuras da camada de shop primer resultaram em aumento na largura e a penetração das soldas. O resultado do monitoramento dos parâmetros elétricos durante a soldagem não apontou para alterações no arco elétrico nas diferentes condições avaliadas. Alterações na diluição resultantes do aumento na penetração não impactaram a microestrutura do metal de solda. Medidas do ângulo de contato do cordão e análise da escória em conjunto com a análise dos sinais elétricos indicaram, por eliminação, que a espessura camada de shop primer foi responsável pela alteração na fluidez do metal liquido na poça de fusão.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - CLAUDIO TURANI VAZ
Interno - CARLOS ALBERTO CARVALHO CASTRO
Externa ao Programa - MARIA CELESTE MONTEIRO DE SOUZA COSTA
Externo à Instituição - BRUNO CORDEIRO SILVA - CEFET-MG
Notícia cadastrada em: 15/05/2024 16:59
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - vm-sig-app-07.ditic.sgi.cefetmg.br.inst7