POSLING NS

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSIMAR GONÇALVES RIBEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSIMAR GONÇALVES RIBEIRO
DATA : 09/10/2020
HORA: 14:00
LOCAL: online - RNP vicenteparreiras
TÍTULO:

Do clássico ao meme: Uma estratégia pedagógica alicerçada pela tradução intersemiótica em prol da formação leitora


PALAVRAS-CHAVES:

Leitura. Formação leitora. Tradução intersemiótica. Obras clássicasliterárias. Memes.


PÁGINAS: 95
RESUMO:

Este texto de qualificação para o doutoramento apresenta um estudo de casos múltiplos

sobre a formação leitora alicerçada em uma prática pedagógica de ensino que foi

norteada pelos gêneros discursivos, letramento literário e letramento digital. Esta

pesquisa tem por objetivo investigar o desenvolvimento da habilidade leitora de

discentes a partir da leitura e interpretação que eles fazem de obras clássicas

ressignificadas em gênero meme, sob a luz da tradução intersemiótica e do letramento

multissemiótico. O público-alvo foram alunos matriculados nos 1º anos dos cursos de

Informática e Meio Ambiente do Ensino Médio Técnico Integrado do Instituto Federal

do Sudeste de Minas Gerais – campus Rio Pomba –, em 2018. A tese apresenta duas

metodologias: de ensino e de pesquisa. Na de ensino, foram detalhadas aos alunos as

etapas que seriam realizadas durante as aulas. Após a escolha da obra a ser lida por cada

estudante, foi dado um prazo de 30 dias para a leitura dos textos. Depois da leitura, os

próximos passos, com o intervalo de 30 dias para cada nova ação, foram os seguintes: a)

o círculo de leitura estruturado, debate e anotações dos pontos importantes – essa

discussão foi realizada em uma aula de aproximadamente 55 minutos; b)

posteriormente, foi dado prazo de 30 dias para a escrita e entrega do resumo; c) em

seguida, foi apresentado o seminário baseado no resumo da obra e outros apontamentos

feitos pelos alunos; d) logo após, foi pesquisada, na internet, uma imagem que

dialogasse com o conteúdo do livro na opinião dos estudantes; e) depois, foi produzido

o meme com base na intertextualidade – além da entrega dos memes, houve a explicação

oral sobre a imagem selecionada e o meme criado; e f) por último, todo o trabalho, com

os gêneros produzidos e a imagem selecionada, foi entregue. Na metodologia de

pesquisa, em primeiro, foi realizada a análise da produção discente, composta pelos

gêneros resumo e memes e o formato imagem; em segundo, foram examinadas as duas

notas de campo (do círculo de leitura e do seminário); em terceiro, foram analisados os

registros avaliativos de desempenho, constituídos pelas avaliações da docente e a

autoavaliação discente. Ao final, todas as atividades foram trianguladas, a fim de

observar o desenvolvimento da habilidade leitora dos participantes. A análise dos dados

foi orientada pela abordagem qualitativa-interpretativista consoante Moita Lopes

(1994). O arcabouço teórico fundamentou-se nas teorias do Gênero Discursivo

conforme (BAKHTIN, 1997), Tradução Intersemiótica (PLAZA, 2013), Semiótica

(PEIRCE, 2008), Letramento Multissemiótico (The New London Group, 1996).

Apresenta-se como resultados preliminares um quadro com critérios de transcriação e

interpretação de memes e a possibilidade de se utilizar a tradução intersemiótica como

prática pedagógica em benefício da formação leitora.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - VICENTE AGUIMAR PARREIRAS
Interna - ANA ELISA FERREIRA RIBEIRO
Externa à Instituição - CARLA VIANA COSCARELLI - UFMG
Notícia cadastrada em: 30/09/2020 08:51
SIGAA | Secretaria de Governança da Informação - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-07.ditic.sgi.cefetmg.br.inst7