Banca de DEFESA: CHRISLEY SOARES FELIX

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CHRISLEY SOARES FELIX
DATA : 21/10/2020
HORA: 14:00
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

ARTICULADORES DE LEITURA: uma análise da proposta de formação de leitores da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte – Minas Gerais


PALAVRAS-CHAVES:

Leitura literária. Formação de leitores. Formação de articuladores. Políticas públicas.


PÁGINAS: 246
RESUMO:

O trabalho apresentado teve como objetivo investigar um projeto da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte (MG), fruto de políticas públicas de incentivo à leitura, denominado “Articuladores de Leitura”. No percurso de pesquisa buscou-se relacioná-lo ao processo de formação de leitores literários, entendendo os caminhos traçados para que o projeto tivesse êxito, desde sua concepção até a execução de ações dentro do espaço escolar. Para tal, foi adotada uma metodologia de natureza qualitativa, com pesquisa bibliográfica relacionada às temáticas investigadas e pesquisa em campo que favorecesse o acompanhamento não apenas do processo de formação dos sujeitos envolvidos nas formações (denominados “articuladores de leitura”) como também os desdobramentos da formação nas escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte (RME-BH). Para o embasamento teórico e análise dos dados coletados foram utilizados como referenciais teóricos estudos relacionados à área da literatura, formação de mediadores, formação de leitores e leitura literária. No processo de pesquisa em campo, algumas facetas foram investigadas, como: o processo de organização da formação oferecida aos articuladores; a maneira como os encontros de formação foram conduzidos; a forma como os articuladores de leitura se apropriaram dessa formação; os percursos para implementação de um projeto institucional de fomento à leitura literária nas escolas e a contribuição da formação; os impactos desses projetos no processo de formação do leitor literário dentro das escolas. Nesse percurso investigativo, foi constatado que a formação oferecida aos articuladores possibilitou ampliação de seus conhecimentos relacionados a práticas de formação de leitores literários, apresentando metodologia e concepções teóricas que contribuíram para a formação de qualidade. Além disso, as formações proporcionaram, aos articuladores, momentos de trocas e discussão coletivas sobre a escrita e efetivação do projeto, aspecto culminante da proposta do “Articuladores de Leitura”. Constatou-se também que poucas escolas conseguiram construir e colocar em prática o projeto institucional dentro do prazo estipulado, tendo em vista situações como a troca de articulador dentro da escola e a falta de espaços e tempos para momentos coletivos de trocas e reflexões para encaminhamentos. Por fim, a partir da investigação nas escolas, identificou-se que há ainda muito que se avançar em relação a escrita e desenvolvimento de um projeto de fomento à leitura literária. Percebeu-se que ações institucionais contribuem para a formação dos estudantes, despertando a curiosidade e o desejo pela literatura. O uso de diversas estratégias favorece o desenvolvimento dos estudantes e amplia as possibilidades de leitura, formando-os como leitores literários. Entretanto, apesar da qualidade da proposta oferecida pela RME-BH e da formação ofertada junto ao CEALE, ainda é preciso articular estratégias para que haja momentos de reflexão coletiva na escola, bem como criação e efetivação conjunta de práticas de formação de leitores literários.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ÂNGELA IMACULADA LOUREIRO DE FREITAS DALBEN - UFMG
Externa à Instituição - CLEUDENE DE OLIVEIRA ARAGÃO - UECE
Externo à Instituição - GUILHERME TRIELLI RIBEIRO - UFMG
Presidente - MARTA PASSOS PINHEIRO
Interno - VICENTE AGUIMAR PARREIRAS
Notícia cadastrada em: 07/10/2020 10:08
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-10.ditic.sgi.cefetmg.br.inst10