Banca de QUALIFICAÇÃO: LUDMILA AMENO RIBEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUDMILA AMENO RIBEIRO
DATA : 20/07/2021
HORA: 14:30
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

Mobilização identitária de estudantes de graduação pertencentes ao universo LGBTQIA+


PALAVRAS-CHAVES:

LGBTQIA+, identidade de gênero, orientação sexual, homofobia, estereotipia, bullying


PÁGINAS: 66
RESUMO:

Esta pesquisa narrativa experiencial, de abordagem qualitativa e orientação exploratória, a ser realizada em formato metodológico de um estudo multicaso, visa a conhecer como os estudantes de um curso de Letras que se identificam com o universo LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transgêneros, queers, intersexuais, assexuais e mais) mobilizam, negociam, constroem e exercem suas identidades em sala de aula. Portanto, interessa investigar esses estudantes em interação com colegas e professores no contexto escolar. O marco teórico do trabalho é composto pelo conceito de identidade de Norton e Toohey (2011), por insumos da Teoria Queer e pelo entendimento de estereotipia, conforme Lippmann (2010), de bullying, na perspectiva de Warwick, Chase e Aggleton (2004) e de homofobia, como proposto por Borrilo (2010). Em função da circunstância do ensino remoto emergencial, a geração dos dados será feita por meio da gravação em áudio de três narrativas, a serem fornecidas em seções de entrevistas semiestruturadas virtuais, ao longo de um semestre letivo. Os dados gerados pela primeira entrevista serão discutidos à luz do marco teórico do trabalho. Já os gerados pela segunda serão analisados da seguinte forma: primeiramente, as experiências identitárias serão identificadas nas narrativas; a seguir, elas serão categorizadas em função de sua natureza, com base no marco de referência de experiências de aprendizagem de Miccoli (MICCOLI; BAMBIRRA; VIANINI, 2020). Com isso, será evidenciada a composição das experiências mobilizadas pelos participantes, permitindo-nos observar a sua formação em interação com o contexto. Os dados gerados pela terceira entrevista serão analisados em função da correlação de seu conteúdo com o contexto da sala de aula, com o intuito de explicar a influência mútua que as experiências vivenciadas dentro e fora da sala de aula têm, na expectativa de conseguirmos subsidiar o meio educacional no que se refere ao combate de estereótipos, bullying e homofobia. Esperamos que o processo de conhecer a mobilização identitária de alunos que se identificam com o universo LGBTQIA+ em sala de aula possa auxiliar no combate a preconceitos, homofobia, estereotipia e bullying. Buscamos também, indiretamente, insumos que possam subsidiar práticas pedagógicas capazes de favorecer mais qualidade de vida no ambiente escolar.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - LUIZ GONZAGA MORANDO QUEIROZ - UNI-BH
Interno - LUIZ CARLOS GONCALVES LOPES
Presidente - MARIA RAQUEL DE ANDRADE BAMBIRRA
Notícia cadastrada em: 01/07/2021 14:47
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-09.ditic.sgi.cefetmg.br.inst9