Banca de DEFESA: LAURA CONRADO DIAS DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LAURA CONRADO DIAS DE OLIVEIRA
DATA : 25/10/2021
HORA: 14:00
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

PERFIL DAS PROTAGONISTAS NA LITERATURA JOVEM (2010-2019): uma análise de narrativas das editoras Galera e Verus


PALAVRAS-CHAVES:

Literatura jovem. Chick-lit. Autoria feminina. Personagens femininas. Editora Galera. Editora Verus.


PÁGINAS: 119
RESUMO:

Esta pesquisa traça o perfil panorâmico de protagonistas mulheres em livros publicados por editoras direcionadas ao público jovem a fim de analisar a representatividade das personagens. Para isso, foi eleito um corpus de 32 de livros publicados entre 2010 e 2019, sendo 14 títulos da editora Galera e 18 da editora Verus, todos escritos por mulheres brasileiras, para o entendimento das protagonistas contemporâneas. O estudo foi motivado pelo baixo número de investigações que reúnem a literatura para jovens, a autoria feminina e as protagonistas das obras na atualidade. Assim, a pesquisa foi empreendida com o objetivo de investigar quem são, a quem e que realidade representam as protagonistas dos romances para jovens escritos por mulheres.  Para tanto, a pesquisa faz um breve resgate do histórico da literatura juvenil no país até chegar à literatura para jovem, a formação desse leitor e a estética dessas obras e suas derivações, como Young adult, New adult, Crossover, além de um retrospecto do termo Chick-lit, sua origem e construção. Durante a leitura dos livros do corpus, os elementos analisados foram 1) nome da protagonista, 2) idade da protagonista, 3) região onde se passa a história, 4) época da história, 5) cor da pele da personagem, 6) escolaridade, 7)  condições socioeconômicas, 8) religião, 9) identidade de gênero e orientação sexual, 10) incidência de relações profissionais, 11) incidência de relações amorosas, 12) incidência de relações familiares, 13) amizades/inimizades, 14) incidência de relações sexuais, 15) abordagem de temas polêmicos como aborto, transtornos mentais, suicídio, questões LGTBQ+ e raciais. A análise aponta uma heterogeneidade na composição das protagonistas das duas editoras, representadas por personagens brancas, heterossexuais, de classe média, cujas narrativas são fortemente moldadas pela busca afetiva, muito embora o desejo de conquistas profissionais e pessoais seja recorrente.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - CONSTÂNCIA LIMA DUARTE - UFMG
Presidente - LUIZ HENRIQUE SILVA DE OLIVEIRA
Interna - PAULA RENATA MELO MOREIRA
Notícia cadastrada em: 06/10/2021 14:33
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-08.ditic.sgi.cefetmg.br.inst8