Banca de DEFESA: LILIAN MARIA DOS SANTOS CARNEIRO CAVALCANTI

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LILIAN MARIA DOS SANTOS CARNEIRO CAVALCANTI
DATA : 12/01/2022
HORA: 14:00
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

O gerenciamento da automotivação na aprendizagem de língua inglesa, na graduação em Letras, por meio da utilização de um planner motivacional


PALAVRAS-CHAVES:

gerenciamento da própria motivação; estratégias automotivacionais; planner motivacional.


PÁGINAS: 250
RESUMO:

Esta pesquisa parte do desejo de contribuir com formas que promovam o gerenciamento motivacional para aprender uma língua estrangeira (USHIODA, 1996; DÖRNYEI; USHIODA, 2011) e do reconhecimento de que o professor tem poucas condições de gerenciar a motivação dos estudantes em sala de aula (BAMBIRRA, 2009). Assim, foi criado um instrumento intitulado planner motivacional, composto por propostas que orientam a administração de metas, a reflexão e a tomada de decisões por parte dos estudantes. Tais atividades foram criadas para levar os estudantes a conhecerem as estratégias automotivacionais, propostas por Dörnyei (2005), a interagirem com elas e aplicá-las. Contando com a participação voluntária de cinco estudantes da disciplina intitulada ‘Oficina de Leitura e Produção de Textos em Língua Estrangeira III’, do curso de graduação em Letras do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, e da professora por ela responsável, foi realizado um estudo longitudinal, ao longo de um semestre letivo, em que atrajetória de gerenciamento motivacional, feita pelas estudantes participantes, foi acompanhada pela pesquisadora, por meio de sessões de orientação quinzenais e da análise dos registros feitos pelas estudantes no planner motivacional. O objetivo do trabalho foi verificar como se dava o gerenciamento motivacional mediado pela utilização do plannere discutir até que ponto esse instrumento contribui para o gerenciamento da motivação. A metodologia empregada é de natureza aplicada, abordagem qualitativa, orientação exploratória, em formato de estudo de caso. Os dados gerados pelos registros feitos no planner pelas estudantes, pelas discussões realizadas nas sessões de orientação, pela escrita da narrativa e pela entrevista feita com a professora da disciplinaforam interpretados e discutidos à luz das teorias sobre uso de estratégias automotivacionais e de gerenciamento da própria motivação (em especial DÖRNYEI, 2005; DÖRNYEI. USHIODA, 2011; DÖRNYEI, 2017), a fim de responder às perguntas de pesquisa. Foi possível constatar que o planner motivacional viabilizou o gerenciamento da motivação e o engajamento na aprendizagem, de forma segura e completa, orientando a elaboração, o gerenciamento e o alcance de submetas e metas, a autorregulação e a reflexão sobre os processos envolvidos.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - CLIMENE FERNANDES BRITO ARRUDA - UFMG
Interno - LUIZ ANTONIO RIBEIRO
Externa à Instituição - MARIA CLARA VIANNA SÁ E MATOS - UFPA
Presidente - MARIA RAQUEL DE ANDRADE BAMBIRRA
Interno - VICENTE AGUIMAR PARREIRAS
Notícia cadastrada em: 02/12/2021 08:53
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - vm-sig-app-10.ditic.sgi.cefetmg.br.inst10