POSLING NS

Banca de QUALIFICAÇÃO: DÉBORA LUCIANA CORRÊA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DÉBORA LUCIANA CORRÊA
DATA : 15/06/2018
HORA: 14:30
LOCAL: campus 1
TÍTULO:

Motivação na aprendizagem autônoma de inglês: crenças acerca do uso de tecnologia digital


PALAVRAS-CHAVES:

motivação; crenças; autonomia; tecnologia digital.


PÁGINAS: 44
RESUMO:

No cenário educacional nacional atual, o ensino de inglês procura, em certa medida, estabelecer uma integração com a tecnologia digital, o que leva a escola a pensar o estudante fora da sala de aula, repensando, assim, o seu papel na sociedade. Na medida em que a escola faz este movimento, ela facilita a aprendizagem, aumenta a expectativa e o sucesso dos estudantes, torna o currículo relevante e estimula o desenvolvimento de agência e de autonomia. De acordo com Kalantzis e Cope (2010), o uso das tecnologias da web 2.0, com design colaborativo e de fácil compartilhamento, têm o potencial de conectar a vida escolar do estudante à sua vida pessoal de modo significativo. Desta forma, a aprendizagem se estende para além da sala de aula, ocorrendo em qualquer lugar e a qualquer hora. O aprendiz passa a ser agente do próprio conhecimento, conectando a aprendizagem às suas próprias experiências e interesses. Com o intuito de investigar a motivação de estudantes da educação básica a partir de suas crenças e ações relativas ao uso de tecnologia digital para aprender inglês, à revelia da escola, propõe-se a realização desta pesquisa de natureza aplicada, abordagem qualitativa e orientação exploratória, em formato de estudo de casos múltiplos. A pesquisa será realizadana Escola SESI – Serviço Social da Indústria, uma escola privada de ensino regular da cidade de Sete Lagoas, com estudantes do Ensino Fundamental II e Médio, que assumam usar a internet fora do contexto escolar, como estratégia para aprendizagem de Inglês, e que aceitem participar da pesquisa. Por meio de uma entrevista semiestruturada gravada, realizada com cada um dos participantes da pesquisa, espera-se (1) levantar as crenças dos estudantes sobre o uso de tecnologia digital para praticar e/ou aprender inglês; (2) identificar as ações dos estudantes envolvendo o uso de tecnologia digital acreditando que, com elas, praticam ou aprendem inglês; (3) levantar os elementos motivacionais que emergirem dos dados e verificar a sua influência na provável aprendizagem dos estudantes;(4) tecer implicações para a prática pedagógica voltada para o desenvolvimento de letramento digital pelos estudantes e para a sua formação cidadã.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - MARIA RAQUEL DE ANDRADE BAMBIRRA
Externo à Instituição - CLIMENE FERNANDES BRITO ARRUDA - UFMG
Notícia cadastrada em: 04/12/2018 13:14
SIGAA | Secretaria de Governança da Informação - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - vm-sig-app-05.ditic.sgi.cefetmg.br.inst5