Banca de DEFESA: DANIEL ROCHA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DANIEL ROCHA SILVA
DATA : 25/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: sala 201 auditório, prédio 20, 2º andar Campus II CEFET-MG
TÍTULO:

A decisão de Colaborar: interação e maturidade no aglomerado turístico de Pirapora/MG


PALAVRAS-CHAVES:

Arranjos organizacionais; Colaboração; Aglomerado turístico; Decisão.


PÁGINAS: 95
RESUMO:

Este trabalho objetivou investigar como as interações entre os diversos agentes que atuam na atividade turística de Pirapora/MG afetam a maturidade desse aglomerado produtivo e contribuem para o desenvolvimento local por meio da decisão de colaborar. O turismo é uma atividade que procura atender a demanda de pessoas que buscam felicidade, descanso e lazer. Em Pirapora/MG, a formação de um Arranjo Produtivo Local (APL) turístico parece ser o caminho mais simples para criar uma oferta organizada que objetiva um produto turístico completo, previamente concebido para um mercado básico e, consequentemente, aumentar o emprego e a renda de sua população. A abordagem da pesquisa foi qualitativa, de cunho descritivo e analítico, por meio da pesquisa participante, pesquisa documental e de campo como instrumentos de coleta de dados. Em relação à unidade de análise, ela tem características turísticas, já que o Ministério do Turismo do Brasil em sua classificação mais recente a considerou integrante do novo mapa do turismo brasileiro. Os resultados apontaram que: a) a cidade possui potenciais produtos turísticos que ainda não estão formatados para oferta; b) as entidades relacionadas ao turismo participam e se envolvem em partes com o planejamento e atuação no turismo regional; c) a interação entre elas afeta o desenvolvimento do turismo, contudo, da forma como tem sido conduzida, não é suficiente para alavancá-lo porque precisa de mais organização e realização de atividades conjuntas dentro de um planejamento de curto, médio e longo prazo; d) a cidade apresenta carências relevantes no setor, como o baixo envolvimento da comunidade e a falta de preparo da população para receber o turista; e e) a problemática ambiental em relação ao volume de água e de peixes tem afetado diretamente os atrativos naturais da região e tem servido de justificativa, pelos moradores, do não aproveitamento do potencial turístico. Dessa forma, no aglomerado turístico de Pirapora/MG as interações decorrentes da decisão de cooperar têm relação direta com o seu desenvolvimento e maturidade e podem levar a um processo articulado capaz de, no logo prazo, desenvolver o aglomerado.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - ELISANGELA MARTINS DE SA
Presidente - FABRICIO MOLICA DE MENDONCA - CEFET-MG
Externo à Instituição - GUSTAVO MELO SILVA - UFSJ
Notícia cadastrada em: 18/02/2019 14:16
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-09.ditic.sgi.cefetmg.br.inst9