Banca de DEFESA: Fernando Gustavo da Silva Quirino

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : Fernando Gustavo da Silva Quirino
DATA : 28/08/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 101, prédio 17, 1º andar, Campus II, Av. Amazonas, 7675, Belo Horizonte – MG
TÍTULO:

Participação e Deliberação Online: uma análise do programa UFLA+ Soluções Inovadoras



PALAVRAS-CHAVES:

Processo decisório, Deliberação Online, Participação Institucional.


PÁGINAS: 105
RESUMO:

Propõe-se neste trabalho investigar a tomada de decisão dos gestores do setor público no que tange à participação institucional e a deliberação dos debates nos ambientes virtuais. A participação e deliberação são temas de estudos desde a década de 1960. No Brasil, as lutas no campo social culminaram no reconhecimento de diversos direitos cidadãos na Constituição Federal promulgada em 1988. Este mesmo documento institucionalizou a participação social ao convocar a população para a tomada de decisão no setor público por meio dos conselhos deliberativos temáticos. Outros programas de cunho participativo construídos a partir da década de 1980, com destaque para o Orçamento Participativo. Com o incremento da tecnologia da informação, desde o princípio do século XXI foram criados instrumentos de participação no ambiente virtual, dentre os quais o Programa UFLA Mais Soluções Inovadoras, da Universidade Federal de Lavras. Assim, o objetivo deste trabalho foi o de analisar quais as tipologias de participação e o nível de deliberatividade verificados no Programa UFLA + Soluções Inovadoras, enquanto uma instância de participação institucional e deliberação pública online. O estudo a ser conduzido possui um viés qualitativo, seguindo uma abordagem interpretativista. Para a coleta de dados foram utilizadas fontes documentais sobre o sítio eletrônico do programa e a plataforma de interação, sobre o edital que regulamentou a participação no programa e sobre as postagens dos usuários da plataforma. Os dados foram analisados por meio de análise de conteúdo com auxílio do software Atlas.ti, versão 7.5.16. As categorias de análise para codificação foram baseadas em Dahlberg (2004) e Dahlberg (2011). Elas se dividem em Consumidor Liberal, Deliberativo, Anti-Público e Marxista Autônomo. Foram analisadas a constituição da plataforma, o instrumento convocatório com as regras do programa e o Observou-se uma frequência muito alta em participações classificadas como Consumidor Liberal, o que demonstra que havia maior interesse na premiação do que nas mudanças que o programa poderia propor no âmbito da Universidade. Com os resultados e discussões desta pesquisa, pretende-se contribuir para uma maior compreensão dos processos decisórios nas organizações públicas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉ LUIZ ZAMBALDE - UFLA
Presidente - LIVIA MARIA DE PADUA RIBEIRO
Externo à Instituição - VIRGÍLIO CÉZAR DA SILVA E OLIVEIRA - UFJF
Notícia cadastrada em: 22/08/2019 18:09
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-09.ditic.sgi.cefetmg.br.inst9