Banca de DEFESA: Joseane Viola Coelho Debortoli

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : Joseane Viola Coelho Debortoli
DATA : 29/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Online, por meio de videoconferência
TÍTULO:

Processos Decisórios e Capacidades para Inovação Tecnológica e Social: um estudo de caso em uma geradora de energia elétrica


PALAVRAS-CHAVES:

Inovação tecnológica; Inovação social; Processos decisórios; Capacidade Inovativa; Energia solar fotovoltaica; Empresa; Comunidade


PÁGINAS: 141
RESUMO:

O objetivo principal desta pesquisa consistiu em analisar a articulação entre os processos decisórios e as capacidades inovativas na implementação de inovações tecnológicas e sociais em uma empresa geradora de energia elétrica. A problematização da pesquisa destaca a importância da inovação na contemporaneidade, bem como o seu desenvolvimento atrelado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, quais sejam, nesta pesquisa, os relacionados ao acesso à energia renovável e ao crescimento econômico sustentado com trabalho digno. Em termos teóricos, discutiu-se a relação entre os conceitos de inovação tecnológica, inovação social, capacidades inovativas e seus determinantes, bem como os processos decisórios como fator crucial para tais capacidades. O percurso metodológico foi desenhado em torno de uma pesquisa qualitativa descritiva, cujo método escolhido foi o estudo de caso. A coleta de dados foi realizada via análise documental, entrevistas semiestruturadas, grupo focal e questionário, tratados por meio da análise de conteúdo. Esta pesquisa foi desenvolvida no âmbito do projeto P&D ANEEL 1704, em que uma nova modalidade de ação foi proposta a partir da implantação de um binário hídrico-solar e do compartilhamento de créditos de energia, por meio da geração distribuída compartilhada para fomento a negócios sociais e capacitação técnica da comunidade, propiciando a inovação tecnológica e social. Os resultados apontam a existência de relação entre inovação tecnológica e social, identificando-se os principais determinantes das capacidades inovativas. Os fatores determinantes das capacidades de inovação tecnológica convergem com os fatores que determinam as capacidades de inovação social, com algumas particularidades. Por exemplo, quando se trabalha a inovação social, comunidades são diretamente envolvidas, sendo extremamente necessário um conhecimento do contexto social e da realidade que está sendo experimentada. Outrossim, observou-se que o processo decisório emerge como determinante crucial para as capacidades de inovação, principalmente as de inovação social. Apesar de não haver muitos estudos relacionando o processo decisório com a inovação, esta pesquisa mostra a relevância dessa relação porque, mesmo a empresa possuindo todas as demais capacidades, ela ainda assim pode decidir por não realizar a inovação internamente e isso traz consequências sobre o desenvolvimento das capacidades inovativas ao longo do tempo. Esta pesquisa contribui para o campo da inovação ao evidenciar que uma empresa pode conciliar a inovação tecnológica com a social, colhendo benefícios como aumento de produtividade, de disponibilidade de pessoas capacitadas, valorização das potencialidades locais, transformações positivas na sociedade e fortalecimento do setor elétrico como promotor de desenvolvimento social.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - DANIEL PAULINO TEIXEIRA LOPES
Externa ao Programa - GLAUCIENE SILVA MARTINS
Externa à Instituição - GRAZIELLA MARIA COMINI - USP
Externo à Instituição - NALDEIR DOS SANTOS VIEIRA - UFVJM
Notícia cadastrada em: 01/03/2021 16:38
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-06.ditic.sgi.cefetmg.br.inst6