PPGMQ GM

Banca de QUALIFICAÇÃO: TIAGO MENDES DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TIAGO MENDES DE SOUZA
DATA : 17/03/2020
HORA: 09:00
LOCAL: campus 6
TÍTULO:

Estudo da Adsorção de Água em Nanoclusters de Silício e Alumínio


PALAVRAS-CHAVES:

clusters; alumínio; silício; adsorção; formação de hidrogênio.


PÁGINAS: 68
RESUMO:

Tendo em vista o interesse no desenvolvimento de novos catalisadores para a produção de hidrogênio gasoso a partir da água (uma alternativa aos combustíveis fósseis), neste trabalho foram estudadas as interações entre nanoclusters de alumílio e silício com moléculas de água. Esses dois elementos já apresentam aplicações em eletrônica e o Al possui atividade catalítica conhecida. Quando esses elementos são misturados em escala atômica as suas propriedades passam a ser diferentes dos elementos puros. Assim, foi estuda a adsorção da água (uma das principais fontes de hidrogênio existentes) aos clusters Al8, Si8, Al4Si4, Al2Si6, Al13, Si13, Al12Si e Al2Si11. Para a obtenção das energias e das frequências vibracionais, cálculos a nível MP2 foram realizados com o pacote computacional GAMESS utilizando as funções de base cc-pVDZ.

Os clusters formados por alumínio e silício apresentaram energias de adsorção superiores às dos clusters puros. Os melhores resultados observados foram notados para os clusters de oito átomos, com três das quatro estruturas avaliadas apresentando energias acima de 0,500eV. O único cluster de treze átomos que apresentou energia nessa faixa foi o Al2Si11. Também foi notado que a adsorção é mais efetiva nas ligas com baixo teor de alumínio, e as duas maiores energias de adsorção foram 0,648eV e 0,610eV, dos clusters Al2Si11 e Al2Si6 respectivamente. Foi previsto que a interação da água com clusters puros de silício é fraca, com energias de adsorção inferiores a 0,400eV. Pelo espectro de infravermelho simulado pode-se notar o aumento de intensidade e o deslocamento para o vermelho dos picos devido à interação com a água, efeito particularmente pronunciado para os clusters com maiores energias de adsorção.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - EUDES LORENCON
Externo à Instituição - MAICON PIERRE LOURENÇO - UFES
Notícia cadastrada em: 11/02/2020 14:14
SIGAA | Secretaria de Governança da Informação - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - vm-sig-app-08.ditic.sgi.cefetmg.br.inst8