Prof. Mario Guimarães Junior publica artigo sobre supercapacitores com parceiros do CEFET, UFMG, UFLA e UEMG

O professor Mario Guimarães Junior, juntamente com um grupo de pesquisadores do CEFET-MG, UFMG, UFLA e UEMG, publicaram na revista Holandesa "Journal of Energy Storage", da editora ELSEVIER, o resultado de uma pesquisa sobre "Eletrodos para supercapacitores Redox". Utilizando Nanofibrilas celulósicas de Pinus, Eucalipitus e Bambu, em conjunto com Nanotubos de Carbono de Paredes Reduzidas", os pesquisadores desenvolveram um eletrodo com boa estabilidade mecânica, com aumentos significativos nos valores de sua resistência a tração e deformação máxima, obtendo-se assim, eletrodos mais resistentes e dobráveis em comparação aos demais produzidos apenas com nanotubos de carbono e carvão ativado. O eletrodo operou com uma eficiência coulombiana acima de 93%. Outro fator de destaque foi que as nanofibrilas celulósicas mais hidrofóbicas, ao serem inseridas no eletrodo, apresentaram maior maior capacitância específica (167.6 F.g-1) e uma excelente estabilidade cíclica (98% após 12.000 ciclos). 

 

 
Notícia cadastrada em: 14/05/2022 15:59
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - vm-sig-app-06.ditic.sgi.cefetmg.br.inst6