Banca de QUALIFICAÇÃO: SARA NUZA OLIVEIRA DOS REIS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SARA NUZA OLIVEIRA DOS REIS
DATA : 30/08/2021
HORA: 09:00
LOCAL: https://conferenciaweb.rnp.br/events/banca-de-qualificacao-sara-nuza-oliveira-dos-reis
TÍTULO:

DESEMPENHO FOTOCATALÍTICO DE MATERIAL ÁLCALI ATIVADO À BASE DE LAMA VERMELHA E ESCÓRIA DE ALTO FORNO


PALAVRAS-CHAVES:

lama vermelha; escória de alto forno; fotocatálise; material álcali ativado; descontaminação de água.


PÁGINAS: 73
RESUMO:

Uma das grandes preocupações da indústria da mineração é a grande quantidade de resíduos gerados na extração e no processamento mineral. Além de causar impactos ao meio ambiente, esses resíduos ocupam extensas áreas e podem acarretar problemas na sua disposição. Muitos estudos foram e estão sendo feitos no intuito de reutilizar estes passivos ambientais, visando diminuir os prejuízos causados ao meio ambiente. Embasado nisto, este trabalho busca a partir do processo de álcali-ativação de resíduos industriais, produzir materiais alternativos ao cimento Portland. Em um segundo momento, estes materiais alternativos, denominados materiais álcali-ativados (MAAs), serão investigados com relação ao seu potencial em degradar soluções de corante de azul de metileno (AM) de efluentes sintéticos. Os materiais álcali ativados serão produzidos utilizando essencialmente lama vermelha (LV) e escória de alto forno (EAF), os quais serão moídos a um tamanho médio de partículas que possibilitem passar pela peneira de 200 mesh. Esses precursores serão caracterizados por granulometria a laser, espectrometria de fluorescência de raios X (FRX), difração de raios X (DRX), termogravimetria (TGA), adsorção e dessorção gasosa de nitrogênio (BET) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). A revisão da literatura fundamentou a definição dos principais parâmetros de composição, dosagem e metodologias de produção dos MAAs. A eficácia da álcali-ativação será determinada por meio de ensaios de resistência à compressão e absorção de água, e da análise da microestrutura dos materiais elaborados. Em seguida, será avaliado o traço no qual foi possível obter uma melhor resistência mecânica e um bom potencial descontaminante.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - AUGUSTO CESAR DA SILVA BEZERRA
Interno - DOMINGOS SAVIO DE RESENDE
Interna - MARCELA MAIRA NASCIMENTO DE SOUZA SOARES
Externo à Instituição - GUILHERME JORGE BRIGOLINI SILVA - UFOP
Notícia cadastrada em: 16/08/2021 22:07
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-06.ditic.sgi.cefetmg.br.inst6