Banca de DEFESA: ELAINE KENDALL SANTANA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELAINE KENDALL SANTANA SILVA
DATA : 19/03/2021
HORA: 14:30
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

As representações e a construção da identidade sobre a profissão docente no discurso de licenciandos de Letras: uma análise longitudinal de relatórios de estágio


PALAVRAS-CHAVES:

Identidade; Representações Sociais; Formação docente, Estágio Supervisionado.


PÁGINAS: 230
RESUMO:

O presente estudo tem como objetivo geral investigar a construção da identidade profissional do futuro professor de Língua Portuguesa, ao longo de quatro semestres, assim como sua relação com as Representações Sociais que emergem dessa construção no discurso de relatórios de estágio e questionários dos licenciandos do curso de Letras da Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG, unidade Divinópolis/MG. Para isso, embaso-me, principalmente, nos estudos de Bakhtin (1999) sobre a linguagem, a polifonia, o discurso, o gerenciamento de vozes; em Mondada e Dubois (2003), Bronckart(1999) e em Koch (2003) que tratam sobre a referenciação e os mecanismos enunciativos; em Hall (2006), Woodward (2000), Bauman (2004) que abordam sobre a questão da identidade; em Moscovici (2003) que aborda sobre as Representações Sociais; Matencio (2004), Kleiman e Martins (2007), dentre outros que trazem reflexão, com viés da linguística, sobre a formação de professores. Além disso, essa pesquisa apresenta a questão da articulação teoria/prática a partir de posicionamentos teóricos, acerca da formação de professores, defendidos por autores como, Freire (1999), Nóvoa (2009), Tardif (2014), dentre outros. Analiso a construção do jogo interlocutivo em relatórios e questionários, levando em conta a assunção de papéis sociais, comunicativos e pessoais e a delimitação do(s) propósito(s) discursivo(s); identificando e descrevendo, analiticamente, os mecanismos enunciativos e seus efeitos na tessitura da trama discursiva dos relatórios de estágio desenvolvidos durante o curso. Além disso, identifico, por meio de recorrências de aspectos linguísticos, as Representações Sociais sobre a concepção de professor a partir da realização do Estágio Supervisionado descrevendo e analisando a construção dessas representações no discurso dos alunos materializado nos relatórios e questionários. Considerando-se a materialidade dos dados e os princípios teórico-metodológicos adotados, essa pesquisa possui características do paradigma construtivista, é interpretativa e qualitativa, pois meu interesse não se limita, apenas, ao que dizem os enunciadores, mas também à forma como dizem. O estudo é uma análise documental e pode ser entendido como um Estudo de Caso (YIN, 2001), pois procuro entender como se dá a construção identitária de licenciandos em relatórios de estágio de uma turma da UEMG/Divinópolis, ao longo de quatro anos. Para essa pesquisa considero os dados dos quatro estágios e, portanto, apresento uma visão longitudinal e a (trans)formação da identidade profissional e das representações ao longo dos estágios e, nessa perspectiva, dividi a análise nas seguintes partes: análise da observação, análise da regência, análise dos questionários, representações emergentes no cruzamento dos dados e construção da identidade dos licenciandos. As análises demonstraram que os licenciandos construíram as identidades baseados nas representações de professor inovador, que propicia a construção do conhecimento, interagente, formador, sensível à heterogeneidade, que tem domínio do conteúdo específico e pedagógico, ético, reflexivo e que exerce autoridade sem autoritarismo. Os resultados obtidos na pesquisa podem contribuir para proporcionar não apenas a mim, como pesquisadora, como aos demais profissionais interessados, subsídios que orientem as atividades de ensino-aprendizagem que visam à formação dos graduandos de Letras. Além disso, podem contribuir para a reflexão sobre a importância do Estágio Supervisionado no processo de construção da identidade do professor de língua portuguesa e de suas representações sobre a profissão.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - WAGNER RODRIGUES SILVA - UFT
Externa à Instituição - INES KAYON DE MILLER - PUC - RJ
Interno - LUIZ ANTONIO RIBEIRO
Interna - PATRICIA RODRIGUES TANURI BAPTISTA
Presidente - RENATO CAIXETA DA SILVA
Notícia cadastrada em: 09/03/2021 09:34
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-09.ditic.sgi.cefetmg.br.inst9