Banca de DEFESA: RENATA DE OLIVEIRA RAMOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RENATA DE OLIVEIRA RAMOS
DATA : 05/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: CEFET-MG (remotamente)
TÍTULO:

O Corpo que Fala: A Conversa no Documentário de Eduardo Coutinho


PALAVRAS-CHAVES:

Eduardo Coutinho, Documentário, Conversa, Fabulação, Corpo


PÁGINAS: 109
RESUMO:

Essa pesquisa volta-se à análise das conversas mediadas pela fotografia, por imagens em movimento e pela canção no documentário de Eduardo Coutinho, ressaltando os diferentes engajamentos de corpo do personagem em relação com essas outras materialidades na cena. Apresentamos a constituição do que se denomina cinema de conversa na obra de Coutinho e recorremos à concepção de conversa como traçado de um devir, de Gilles Deleuze e Claire Parnet no texto Uma Conversa, o Que é, Para Que Serve, apontando algumas convergências entre as concepções de conversa do diretor e do filósofo e delineamos algumas linhas que compõem o estilo do diretor: a tendência ao minimalismo no que se refere à eliminação de elementos da linguagem cinematográfica considerados desnecessários, concentrando as forças do filme em torno do encontro e da conversa; afirmação do charme do personagem fabulador e do uso menor que faz da língua; a alegria do encontro por parte do diretor e das personagens; e o cuidado que se estabelece tanto na filmagem quanto na montagem, elementos que fogem da estrutura básica de pergunta-e-resposta da entrevista clássica do documentário tradicional. Quando à conversa em cena somam-se as matérias do filme, da fotografia ou o corpo que canta, vemos que o binarismo entrevistador/entrevistado torna-se difuso, borrando, em alguns momentos, a ideia de autoria, assim como outros binarismos que presidem a distribuição de papeis que estruturam e se reafirmam na forma clássica da entrevista. Demos destaque a cenas de conversas nos seguintes documentários do diretor: Cabra Marcado Para Morrer (1984), Boca do Lixo (1993), Peões (2004) e As Canções (2011); sem deixarmos, entretanto, de citar momentos de Babilônia 2000 (2000), Edifício Master (2002) e O Fim e o Princípio (2005).


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - CLARISSE MARIA CASTRO DE ALVARENGA
Interno - JOAO BATISTA SANTIAGO SOBRINHO
Presidente - MIRIAN SOUSA ALVES
Notícia cadastrada em: 21/06/2021 18:35
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-07.ditic.sgi.cefetmg.br.inst7