Banca de DEFESA: Cleusa da Silva Fonseca Dutra

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : Cleusa da Silva Fonseca Dutra
DATA : 28/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 117, prédio 20, 1º andar, Campus II, Av. Amazonas, 7675, Belo Horizonte – MG
TÍTULO:

Contribuições da Análise do Contexto de Trabalho para a Gestão com Pessoas e os Processos Decisórios: estudo de caso em laboratórios da área de nutrição de uma IFES


PALAVRAS-CHAVES:

Laboratórios; Gestão com Pessoas; Processos Decisórios; Ergonomia da Atividade; Contexto de Trabalho


PÁGINAS: 149
RESUMO:

A presente pesquisa teve como objetivo investigar as percepções dos trabalhadores dos laboratórios de análises de alimentos e de vitaminas, do departamento de nutrição e saúde de uma IFES, acerca de seu contexto de trabalho, a fim de subsidiar a gestão com pessoas e os processos decisórios neste ambiente. Tal objetivo fundamentou-se nas discussões sobre riscos presentes em ambientes de laboratórios de pesquisa e ensino. Partiu-se do pressuposto de que, em função da própria característica de suas atividades, estes laboratórios estão imersos em riscos físicos, químicos e biológicos, dentre outros. Isto porque convivem neste ambiente, pessoas, equipamentos, reagentes, soluções, agentes e amostras biológicas e resíduos gerados nessas atividades, o que torna esses locais profícuos para a ocorrência de diversos tipos de acidentes. Esta pesquisa foi qualificada como descritiva, do tipo estudo de caso e contou com as técnicas de pesquisa documental, observação sistemática, entrevista semiestruturada e aplicação da Escala de Avaliação do Contexto de Trabalho para levantamento de dados. A base teórica desta pesquisa foi a Ergonomia da Atividade, cujas dimensões analíticas “contexto de trabalho, “indivíduo” e “trabalho”, compreendem que a melhoria do bem-estar no trabalho e a garantia da eficiência e eficácia produtiva só serão possíveis se tomarmos para análise essas dimensões fundamentais que possibilitam olhar o indivíduo em seu contexto de trabalho. O estudo revelou que as relações socioprofissionais são muito positivas entre os trabalhadores e que este aspecto do contexto de trabalho nos laboratórios tem se refletido na gestão com pessoas e também nos processos decisórios. As percepções dos trabalhadores evidenciaram ainda que este contexto assume características específicas com relação à gestão da segurança das pessoas e ao rigor no cumprimento de normas. Estas características são vistas como mais específicas deste trabalho se comparado a outras funções. A pesquisa propiciou também conhecer o empenho destes profissionais na busca de meios para a realização do seu trabalho com destaque para as ações relacionadas à qualidade dos resultados deste trabalho, especialmente nas análises laboratoriais que realizam. Estes resultados compõem processos de ensino e pesquisas científicas, em que a precisão é primordial. Todas as evidências levantadas na pesquisa contribuem para os processos decisórios no setor, com as informações necessárias a estes processos. Os profissionais dos laboratórios em estudo são como tantos outros que, com dedicação, perseverança e muitos estudos, trazem para as pessoas, benefícios incontáveis, tais como curas de doenças, vacinas; e fortificação de alimentos. Eles também têm suas lutas diárias, por vezes em condições que não são as ideais, por amor a um trabalho para eles próprios e para os outros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - ADMARDO BONIFACIO GOMES JUNIOR
Interna - LUDMILA DE VASCONCELOS MACHADO GUIMARAES
Externo à Instituição - SIRLEY APARECIDA ARAÚJO DIAS - UEMG
Notícia cadastrada em: 18/02/2020 16:27
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI - (31) 3319-7000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - vm-sig-app-08.ditic.sgi.cefetmg.br.inst8